Fechar Menu

Filtro por categoria: Lojas Virtuais

Elementos para que um e-commerce seja lucrativo

Apesar de n√£o precisar de uma infraestrutura f√≠sica, o e-commerce requer tantos esfor√ßos quanto qualquer outra modalidade de com√©rcio. Al√©m disso, a lucratividade de uma loja virtual n√£o √© uma garantia, pois conseguir bons resultados depende de uma s√©rie de fatores, como estrat√©gias de marketing eficientes.

Para saber como um e-commerce pode gerar lucros, √© necess√°rio compreender a import√Ęncia de ter um planejamento bastante antecipado e organizado, pois os empreendedores devem estar preparados para colocar campanhas de vendas em pr√°tica, bem como para lidar com eventuais contratempos.

Explorar todo o potencial do neg√≥cio on-line tamb√©m √© primordial para a conquista de lucros. Por mais que a instala√ß√£o em um espa√ßo f√≠sico n√£o seja necess√°ria, o que diminui os gastos, ainda √© preciso investir em outros campos, como log√≠stica de distribui√ß√£o, custos para entrega e frete, al√©m de fornecedores de qualidade.  A aprova√ß√£o do e-commerce estar√° comprometida se os produtos n√£o forem entregues dentro do prazo combinado, por exemplo.

Lojas sem uma estrutura f√≠sica devem se preocupar com o chamado webmarketing, pelo qual os produtos e servi√ßos disponibilizados ser√£o disseminados pela internet, fazendo que os consumidores em potencial conhe√ßam o e-commerce. O investimento no webmarketing precisa ser constante, seja pela divulga√ß√£o no site oficial ou por meio da propaga√ß√£o de novidades em blogs e m√≠dias sociais.

O √ļltimo fator a ser considerado √© o modo de pagamento, visto que os clientes devem ter diversas op√ß√Ķes para a realiza√ß√£o das compras. Se o e-commerce em quest√£o n√£o facilitar o processo de aquisi√ß√£o e n√£o assegurar a prote√ß√£o na hora da transa√ß√£o, as pessoas poder√£o desistir da compra. Em geral, o custo do boleto banc√°rio √© menor que o do cart√£o de cr√©dito, por√©m, o boleto impresso tende a ter um n√ļmero maior de desistentes. Sendo assim, √© imprescind√≠vel levar em conta a op√ß√£o mais recomendada para cada p√ļblico, permitindo que a loja virtual tenha condi√ß√Ķes de investir na alternativa que vai gerar mais lucros.

Quais elementos voc√™ inclui no seu planejamento para ter lucros em seu e-commerce?

politica de devolução ecommerce

Como melhorar a pol√≠tica de trocas e devolu√ß√Ķes do seu e-commerce

Quem tem um e-commerce deve ter cuidado com o √≠ndice de risco de devolu√ß√£o, pois sempre h√° consumidores que decidem devolver ou trocar produtos, o que √© um direito garantido por lei. Como os empreendedores s√£o respons√°veis pelo resgate dos produtos e pela devolu√ß√£o do dinheiro, √© fundamental que o √≠ndice de devolu√ß√£o n√£o seja muito expressivo, o que pode levar a problemas financeiros.

pol√≠tica de trocas e devolu√ß√Ķes de um e-commerce √© um fator de grande relev√Ęncia na hora de satisfazer os clientes. Caso algu√©m tenha dificuldade para realizar uma troca ou devolu√ß√£o, h√° grandes chances dessa pessoa reclamar para seus contatos e n√£o fazer mais compras na loja virtual em quest√£o. No entanto, se a pol√≠tica de trocas e devolu√ß√Ķes for aplicada com √™xito, os consumidores ter√£o uma recep√ß√£o positiva e poder√£o se tornar clientes fieis do com√©rcio eletr√īnico, ajudando a disseminar informa√ß√Ķes boas sobre o e-commerce pela internet.

Conhecida tamb√©m como log√≠stica reversa, a pol√≠tica de trocas e devolu√ß√Ķes precisa proporcionar seguran√ßa para os consumidores, que devem confiar na empresa para que o produto recebido tenha a qualidade prometida. Al√©m disso, as eventuais trocas e devolu√ß√Ķes de itens de lojas virtuais precisam ocorrer com a mesma efic√°cia de estabelecimentos f√≠sicos.

Lembre-se de incluir um link de acesso √† sua pol√≠tica de trocas e devolu√ß√Ķes j√° na p√°gina inicial do seu site, facilitando o processo e transmitindo confian√ßa. Outro ponto importante √© o tratamento dado ao cliente que solicita uma troca ou devolu√ß√£o. Tal consumidor deve ser atendido com bastante zelo. Ap√≥s saber o que o cliente deseja e avaliar a situa√ß√£o para checar se ela se enquadra na pol√≠tica da loja, direcione o consumidor para os pr√≥ximos passos.

Como nem todos os clientes reagem pacificamente, prepare a equipe do seu e-commerce para lidar com todo tipo de reclama√ß√£o. Os profissionais encarregados da troca e das devolu√ß√Ķes devem saber tomar as devidas provid√™ncias para que as a√ß√Ķes sejam feitas rapidamente e com a maior efic√°cia poss√≠vel. Para tanto, os funcion√°rios devem conhecer o fluxo de produtos, a quantidade armazenada no estoque, as formas de transporte dispon√≠veis para entrega, as possibilidades para quem deseja efetuar as a√ß√Ķes em pontos de troca, entre outros fatores.

O seu e-commerce possui vis√£o estrat√©gica ao se preocupar em atender √†s necessidades dos clientes em rela√ß√£o √†s requisi√ß√Ķes de trocas e devolu√ß√Ķes? Fa√ßa o seu melhor para se destacar da concorr√™ncia e n√£o ter preju√≠zos devido a falhas no atendimento!

CONFIRA OUTRAS NOTICIAS DO BLOG